quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Fim do mês sem fim

A partir de uma altura da nossa vida o fim do mês passa a ser quando recebemos.

E quando o mês não tem fim anunciado?

8 comentários:

mimanora disse...

Pois...
Ainda bem que me lembraste, tenho de ir ver se a conta no banco está mais composta!

McLlyr disse...

Quando o fim do mês não tem fim anunciado, desespera-se com as obrigações e as contas para pagar…

Com espírito de sacrifício, aguenta-se e espera-se por dias melhores…

pensamentosametro disse...

sinal de que alguém não foi responsável.


Bjos e calma, um pacotinho de cada


Tita

Gi disse...

Quando o mês não tem fim anunciado, e na perspectiva posta no parágrafo acima, instala-se, muito provavelmente, uma crise.

Espero que não se esteja a passar isto com vocês.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Olha, afinal voltou e só hoje é que percebi! Já reparei que tenho muito para ler , mas para já só tenntei decifrar os sonhos. Sou muito bom nisso, sabias?
Quando o fim do mês não tem fim anunciado ... é uma trampa! Boa sorte.

Thunderlady disse...

Mimanora, que a conta de alguém esteja recheada :D

Mcllyr, esticar está na ordem do dia, ordem a cumprir impreterivelmente!

Tita, sinal de ... enfim, cala-te boca... cala-te boca. Eu sabia que isto ia acabar por acontecer, era inevitável. Bj

Gi, infelizmente está. Não há perspectivaS: pode ser amanhã.. pode ser no dia de são nunca.

Carlos, voltei, ando aí a regressar aos poucos :) E já me tratas por tu, excelente!! Se és muito bom a decifrar sonhos, já sabe so mail: thunderlady@gmail.com, eheh

bjs a todos

Canela disse...

Essa é bem pior que os sonhos!
É real xiça.

Desejo-te melhores dias.

pevides disse...

Ai que nervos!!!
Espero que o fim do mês chegue rápido, tipo já ;)