quarta-feira, 8 de abril de 2009

Força de expressão?

Sou uma pessoa muito expressiva, creio. Creio não: sou mesmo.

Falo, rio, chorar é que nem tanto, e não me adianta tentar ocultar nada que a minha expressão facial trai-me sempre. O meu olhar.

Sou tão expressiva que falo literalmente pelos cotovelos. Quando falo gesticulo. Agora menos, depois de andar a apanhar tantos anos por levar copos e garrafas à frente sempre que falava à mesa.

O certo é que sem as mãos não me expresso do mesmo modo.

E há pessoas com quem temos tendência a precisar de nos expressar mais e com mais enfâse. Espero para bem de todos que durante as minhas efusividades expressivas não acerte em ninguém. Credo. Iria ser trágico querer expressar uma ideia e pimba, bofatada.

Será que um "Foi sem querer" pega?

5 comentários:

Cláudia disse...

Eu também "falo" imenso com as mãos :)

pensamentosametro disse...

Ai rapariga, nem me digas nada o que eu já sofri por conta de ter a boca nas pontas dos dedos..

Bjos



Tita

(Ainda pelos cabelos :)))))

Su* disse...

Como eu te entendo .. uma das minhas imagens de marca já são os meus óculos a voarem da cara por cada traulitada que levam das mãos quando estou a contar alguma coisa entusiasmante.O que tambem acontece na mesma situaçao de entusiasmo é ficar com os olhos cheios de água ..como vês, nao és so tu que és 'transparente' x )

bonifaceo disse...

Eu não mexia muito as mãos, mas agora mexo mais por influência de um colega que faz altos gestos e eu às vezes a contar coisas do género (e não só) acabo por fazer os mesmos exageros de gestos... :S

Gigi disse...

Eu falo pouco mas quando falo gesticulo, sim.
Se estivesses a conversar comigo e com os gestos me acertasses, na certa um 'foi sem querer' pegaria. :)