quarta-feira, 18 de março de 2009

O que todos queriam saber e têm vergonha de perguntar

Eis a resposta a todos os nossos males.

Está dentro de nós. Corre-nos nas veias. Chama-se Serotonina e é um neurotransmissor (neuro porque é produzido nas células nervosas, transmissor porque leva informação a outras células. Mas eu tenho que vos explicar tudo??).

Depois do outro parágrafo vocês perguntam como é que fazem para neurosintetizar o neurotransmissor e neuroreceber, certo?

É tão mas tão simples...

Segundo um mail de origem desconhecida (vá lá vá lá que não dizia no fim que a quantidade se serotonina produzida era tanto maior quanto o número de pessoas a quem reencaminhei o mail) a receita milagrosa consiste em juntar sorriso, serenidade, silêncio, sabedoria, sabor, sexo e sono. Misturar muito muito bem.
Por exemplo, sorrir e estar sereno enquanto se saboreia sexo em silêncio e depois dormitar um pouco deve produzir serotonina que nunca mais acaba (por isso os fetiches de gente amordaçada, só pode).

"Diz" também que a banana, o chocolate e o tomate são ricos no percurssor da serotonina e que apanhar sol a liberta (primavera... passarinhos, love is in the air...)

Assim sendo e juntando trodos os dados recolhidos inventei uma receita infalível.

Num local bem solarengo (cuidado com os escaldões) espalhar creme protector de chocolate. Besuntar o parceiro sexual de pasta de banana e chocolate (creio que pode ser um qualquer, incluindo marca branca), lambê-lo sabiamente todinho saboreando serenamente e sem falar.
Sorrir muito, especialmente quando o calor começar a secar a pasta de chocolate e banana e o parceiro ficar cheio de comichão e irritado (esta receita pode ter a contra indicação de para o sujeito mais passivo ser um inibidor da serotonina mas isso não interessa nada).
Concretizar o acto sexual quando as partes envolvidas estiverem estimuladas e assim o entenderem (neste ponto também não sei especificar se o orgasmo é ou não obrigatório para a produção de serotonina).
No final comer uns tomates - eu prefiro a variedade chucha, são docinhos e práticos - e virar para o lado e dormir.
Não esqueçam o silêncio.


Um dos outros efeitos secundários poderá ser vitalício e concretizar-se 9 meses depois. Este evita-se, por exemplo, recorrendo a preservativos que pdem ser de chocolate, só para manter os níveis.

E pronto, desejo-vos muitas felicidades!

9 comentários:

gimbras.nofuturo.com disse...

Por falar nisso... eu tenho uma deficiência nos neurotransmissores. Que resulta numa patalogia bastante conhecida e quem estiver atenta sabe qual é.

pensamentosametro disse...

Grande ideia, felizmente não preciso da receita, mas vou guardar par aum dia de chuva...


Bjos




Tita

mimanora disse...

Já não me ria tanto como agora ao ler este post!
Excelente adaptação do email, Thunderlady ADOREI!

cipereira disse...

lol

ThunderDrum disse...

"sexo em silêncio "...?

HAHAHAHA!!!

Boa receita!

Ovinho Estrela(do) disse...

Servicinho público, hã!! E nada púdico!!

Vou imprimir, claro!!! ahahahha

Beijoko grande, Vandinha!!

Está demais!!

▒▓█► JOTA ENE ® disse...

As coisas que tu sabes, eheh!!!

Júlio disse...

LOL
Já não ria assim há uns tempos. Ri de tarde mas agora ainda mais porque li com mais atenção. Prometo falar no teu blog à próxima pessoa do sexo oposto que encontrar às saída de casa para ir comprar chocolate.
**

Kika Canas da Lapa disse...

Thunder o que me ri com isto.. só tu mesmo!!!

A tua criatividade não tem limites?