quinta-feira, 26 de março de 2009

Mas este dia foi uma aventura, foi que foi

Depois de almoço chegou o mecânico da empresa, verificação da bateria e veredicto: morta. Completamente morta. Levou um encosto para pegar e dar para chegar ao nosso fornecedor de baterias, chegada lá foi substituir: demorei mais tempo a dar com aquilo (pudera, com indicações erradas...) que eles a trocar e ajustar.

E depois o rádio? Nem me lembrei de códigos nem nada. Ligar o rádio, ai que não dá nada, ora esta, toca de carregar nos botões, olha morreu. Só num semáforo vermelho, quando voltei a ligar é que li a mensagem super-rápida: CODE.

Pensei que me tinha lixado. Lá fui à marca, com a matrícula deram-me o código. E ainda fiquei a saber que as tentativas eram três e achei que estava lixada. Mas não. Correu tudo bem. Até música o carro já me dá.

Bateria nova, isto é que vai ser bailar.

1 comentário:

Tetê disse...

então, vamos bailar!