terça-feira, 24 de março de 2009

As minhas leituras - a saga continua

Lembram-se de Os Maias?

Pois. A saga continua. As boas notícias são que já passei do meio do livro. As más notícias são que aquilo é uma seca. Uma seca! Estou farta de tanta conversa alusiva à política da altura, fartinha de jantares em grémios e em casas de duques e condessas e gente fidalga.

Quero acção! Quero sexo entre o Carlinhos e a Maria Eduarda, quero muito sexo, vergonha, tristeza, amargura, filhos bastardos e incestuosos.

Oh! como o amor não escolhe nem detecta laços de sangue... que tragédia se aproxima e eu sem pachorra para continuar a ler descrições de politiquices.

Se tivessemos tido tempo de o ler no secundário como estava previsto no programa teria demorado uns dois anos para fazer português desse ano só à conta de conseguir acabar de ler o livro, não?


Entretanto e como a vida não pára já seleccionei a minha próxima leitura.
Diz que é obrigatória a românticos e logo eu que adoro o "E tudo o vento levou" (por falar nisto, nem tudo o vento da semana passada levou, podia ter levado duas ou três coisas que por aí andam).

Encontrei o que me parece ser uma magnífica conjunção entre romance e terror.

A próxima será esta: Orgulho, preconceito e zombies.

12 comentários:

Patrícia disse...

Ainda nos maias??
E ainda te lembras do principio da história?

MRPereira disse...

Os Maias é um dos meus livros favoritos! Gosto de livros descritivos e deliro com a veia prosaica do grande Eça.

Não concordo com o que escreves mas como todos somos diferentes não vou discutir sobre o assunto!

Já viste se todos gostássemos do amarelo?

Agora leio o "Twilight", versão inglesa/americana do "Crepúsculo" que tambem já li em Português. E continuo a adorar!

Na calha estão muitos! Tenho de ir a casa dos meus pais para os buscar!

Beijinhos

MRPereira disse...

Já alterei o título do post ;)

Cláudia disse...

Bemmmmmmmmmm eu também acho uma seca seca seca seca...ao contrario da minha cara metade detesto livros demasiado descritivos :)

Mas olha, num teatro em Lisboa (não me lembro qual é) os Maias estão em cena e julgo que é o Zezito Fidalgo que faz de Carlos (é este a personagem principal? )

Se quiseres ir ver faço-te companhia :)

Assim matas 2 coelhos com uma só cajadada, sabes o fim da história e vês o Zezito :)

pensamentosametro disse...

E tudoo o vento levou.



Querias tu e queria eu, mas ao que parece o vento traz é porcaria e com fartura.



Bjooooos



Tita

Precious disse...

Eu gostei muito dos Maias, mas o Eça não é o DH Lawrence. E mesmo este é relativamente soft comparado com a badalhoquice de hoje ;)

Rita disse...

Ainda???? Deus do céu e eu já acabei "O Amor nos Tempos de Cólera" e já comecei "A Trilogia de Nova Iorque" (tem tudo a ver não tem?). Pois é essas partes descritivas principalmente as políticas também me custaram a engolir mas depois vem o resto...
Jokas

Thunderlady disse...

Patrícia, sim, ainda os Maias, ahahah,ainda me lembro de como começou mas nunca mais chegam aos entretantos. Eu sei, deve estar quase, deve estar quase!

MRPereira, opá.. malditos livros que engonham. Meia dúzia de palavras chegavam para ele dizer o que achava do regime, ahahah Queremos acção!

Claudia, era um bom programa, mas eu antes d ver a peça quero acabar de ler o livro. ISso seria uma batotazinha, hihihihihi ;)

Tita, já não se fazem ventos ocmo antigamente, AHAHAH

Precious, e se eu juntar zombies? Achas que fica badalhoco que chegue ;)



Rita, eu sei... shame on me, já tu leste os Maias e uma data deles e eu ali a engonhar. Como conseguiste? Como??? Diz-me o segredo!


Bjs!

mimanora disse...

oh pá acaba lá os Maias!

pensamentosametro disse...

AHAHAHAHA, é no que dá trabalhar por oposição aos que nem por isso, agora sim li como deve ser, sobretudo a parte dos zombies, é que eles andam mesmo, mesmo aí, AHAHAHAHAHAHAHA.



Bjos



Tita

É a Hora! disse...

Tal como o MRPereira, eu também adorei Os Maias e todos os livro do Eça que li até hoje, mas, naturalmente, cada um tem um gosto literário diferente! Acredito que ainda vais apreciar um pouco mais a obra!
Atenção! A adaptação que está em cena no Trindade é bastante má. Há muito tempo que eu não via nada tão sem sabor!

Fatima disse...

Oh Vanda no digas que é seca! É dos melhores livros que há.
Uma leitura que prende do inicio ao fim...

E tu deves estar a pensar... irra!

Ok. Nem todos temos gostos iguais. Eu gosto dos Maias.

http://simecqcultura.blogspot.com/