quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Já (quase) posso respirar

As prendas de Natal estão todas compradas.

Os postais de Natal todos escritos e prontos para mandar.

A véspera de Natal já está programada.

Só falta concretizar-se o Natal para me livrar desta época maldita.

Mas está quase, está quase.

Continuo a manter a esperança de que um dia vai deixar de haver Natal. Pelo menos para mim, nem que tenha que fundar a minha própria religião!

5 comentários:

fj disse...

penso que não te dei a minha nova morada ou ...?!?
espera parece que já dei.

Mas como sou muito conhecido na minha rua, basta apenas escreveres que é para mim...ok?

Aliás o sr. carteiro deve ler este meu comentario, por isso nem precisarás de dizer nada...Intuição de carteiro.
:)
bjs.

mimanora disse...

Que sorte, já estás muita adiantada.
A mim ainda faltam 27 prendas, fazer as broas (4 receitas), embrulhos, visitar primos e afins, jantares de amigos (estes sim), jantar de empresa (este arh) e respectiva animação e os telefonemas de dia 24 que claro são para dia 24!

I. disse...

Então vamos lá a fundar essa religião, que eu inscrevo-me já :D

(ainda só comprei 2 presentes, 10000000 to go... este ano já avisei: olhá crise!)

pensamentosametro disse...

E não gostas tu de NAtal, o que faria se gostasses.Como sempre vou deixar muita coisa para os finalmentes, adoro stress, ahahah.


bjos


Tita

Vekiki disse...

Bem Amiga!!! Que sortuda!!! Eu ainda não comprei um único presente, ainda não comprei os postais de Natal, ainda não fiz nada de útil...a falta de espírito natalício instalou-se de vez aqui pelo Murtal...