quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Eu sou mesmo o máximo*

Hoje já inventei duas palavras: «priorizar» e «incumbição».

A quem me devo dirigir para propor que sejam parte do nosso vocabulário?




* Ou então nem por isso, mas a bem dizer também não me interessa. Nem me interessa ser nem me interessa saber se sou.

5 comentários:

pensamentosametro disse...

Ainda começas alguma "trend". Ah! espera essa moda já existe, não tarda nada aparece por aí uma rúbrica acerca do tema. Estou pois, com uma neura do caraças!!!

Bjos


Tita

Gigi disse...

Eu acho (se o que eu acho te interessa) que se escreveste que és o máximo, pelo menos no instante em que escreveste achaste que sim, és o máximo! Ainda que tenhas deixado de achar logo de seguida... :)

Thunderlady disse...

Tita, não me digas que entrei na roda dos plágios... omg! Será que uma mão lava a outra? ;)

Seja como for foi puramente acidental.. a culpa é da legislação!

Gigi, claro que me interess ao que achas :) Realmente no instante instantâneo sim, meia fracção de segundos depois achei-me o máximo lá dos mínimos, assim tipo menos infinito ;)

Bjs, meninas

Anónimo disse...

Priorizar, vá.

Mas imcumbição... "Qué" isso??

Joko

:)***

ovo

Nikky disse...

Eu digo priorizar! Muitas vezes! :)