quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Porque é que quando sinto mais necessidade de dizer coisas, de deixar sair "cá para fora" é quando tudo mais fica embargado e preso?

4 comentários:

Vekiki disse...

Às vezes "as coisas" são tantas que nos sufocam, se misturam, baralham-se e sobrepôem-se. Queremos que se arrumem e que nos vão deixando em sossego e elas insistem em levar a delas avante. Entopem-nos e não nos largam!

mimanora disse...

Será porque são tantas as coisas que ficas num turbilhão de ideias e a clareza foge?

M. disse...

Conheço perfeitamente a sensação... E muitas vezes quando deixamos sair, sai tudo ao contrário do que queriamos ou não sai nada do que queriamos.

Paciência.

Parabéns pelo blog. ;)

M.

Anónimo disse...

olha Vanda, da penúltima vez que achei por bem mandar cá para fora, tramei-me.

da última, hoje - como sabes - tramaram-me.

Vai daí, tenho para mim que será bem melhor aqueles gritos no silêncio e tal.

Já nem sei o que diga.

*

ovo