quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Divagações sobre a blogosfera

Às vezes ponho-me para aqui a pensar no que é isto, vida real, vida virtual, múltiplos blogs, múltiplas facetas, um blog para cada aspecto de nós, um blog para um grupo, um blog para outro objectivo...


Pensava eu sobre o egocentrismo do acto de bloggar, afinal de contas o blogger é sempre o primeiro a ler o que escreve (sim, no meu caso devia ser a primeira, a segunda, a terceria, etc, até ter todas as gralhas corrigidas, eu sei, eu sei) e a censurar-se e a reescrever e a ajustar, etc. Quer ele saiba que vai ser lido quer ele saiba que não vai ser lido.

Hoje em dia quase todos têm no mínimo um blog. Falam, falam, falam... Queixam-se disto, divulgam aquilo, oferecem serviços.. o que seja, nem interessa.

No fundo um blogger é um ser na imensidão da blogosfera assim como uma só pessoa o é no meio de uma multidão. Um blogger escreve, debita, grita, fala, esperneia, faz o que quiser. É livre. Uma pessoa na multidão que esperneie, grite, fale, faça o que quiser é visto como um tontinho. Alguém chama o 112 e ou ninguém se aproxima ou cria-se um cordão para ninguém se chegar perto.

No fundo o blogger e o louco são iguais. Ambos querem manifestar o que sentem. Uns são uns "deuses" os outros pequenos demónios.

4 comentários:

lima ou limão disse...

Há deuses que são simultaneamente demónios (ou vice-versa... que interessa!). Olha, por exemplo, eu... eu sou apenas mais uma pessoa parva que tem, pelo menos, um desses tais blogues. (bem, na verdade, não tenho assim lá muita parvoíce, mas sobra-me insanidade verdadeira... por isso é que tenho de a partilhar de todas as maneiras possíveis.... um blogue é um meio tão bom como outro qualquer).

Miss Kitty disse...

Pra mim é só uma forma de exteriorizar aquilo que sinto... Como se tivesse a contar ao mundo a minha vidinha e como se isso fosse muito importante! Quando comecei o blog nunca pensei que fosse durar.. mas agora acho que é uma espécie de terapia..

BJS*

pensamentosametro disse...

O blogue para mim funciona como desde o primeiro dia, assim como uma espécie de cofre,caixa e caixote do lixo. Não é de forma alguma ulm diário e tu bem sabes que não é um recebedor de ideias, de amokes, decoisas que me assaltam, tivera eu mais disponibilidade para soltar os meus demónios...era ver a subida vertiginosa dos anónimos. AHAHAHAHAHAAH.


Bjos


Tita

Ovinho Estrelado disse...

Ai minha amiga!!

Mas aqui temos os anónimos que se chegam à frente, enquanto que na vida lá fora, apenas se ficam por mirones passivos!!

E aqui temos ataques de riso impensáveis na vida real, na cara de quem temos à frente! Afinal, o monitor não conta nada!

E aqui temos!!!...

Bem, belo dia para um post destes!

E eu que não paro de me rir?!?
De cada vez que lá vou!

Estou a preparar o molde para o meu primeiro tailleur, no atelier.

Beijokosssss